Quem precisa declarar o Imposto de Renda 2024?

Quem precisa declarar o Imposto de Renda 2024?

Compartilhe nas redes!

Quem precisa declarar o Imposto de Renda 2024? Com o início do período para entrega da declaração de IRPF, essa é uma das principais dúvidas que costumam surgir.

Por sua vez, sabendo disso, a Orru Contabilidade decidiu preparar um conteúdo completo sobre o assunto. Aqui neste artigo, além de descobrir se você precisa entregar a declaração de IR, você terá a oportunidade de esclarecer outras dúvidas importantes.

Para saber mais, conferir o que a nossa equipe separou para você e manter todas as suas obrigações em dia com o fisco, continue conosco e acompanhe esse artigo até o final.

Quem precisa declarar o Imposto de Renda 2024?

De acordo com a Receita Federal, todos os contribuintes que se enquadram em ao menos uma das condições da lista abaixo, precisam declarar o Imposto de Renda 2024:

  • Recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ R$ 28.559,70 no ano, o que inclui itens como salários, aposentadorias, pensões e aluguéis;

 

  • Recebeu rendimento isento, não tributável ou tributado exclusivamente na fonte acima de R$ 40 mil, como por exemplo, FGTS, seguro-desemprego, bolsas de estudo, indenizações trabalhistas, doações, heranças e PLR;

 

  • Teve ganho de capital vendendo bens ou direitos sujeitos a pagamento do IR, como por exemplo, imóveis e veículos.

 

  • Realizou operações na bolsa de valores e vendeu acima de R$ 40 mil ou teve ganho de capital acima do limite de isenção;

 

  • Tem bens, como veículos e imóveis, ou direitos acima de R$ 300 mil em 31 de dezembro de 2023;

 

  • Teve receita de atividade rural acima de R$ 142.798,50 em 2023;

 

  • É cidadão estrangeiro que se mudou para o Brasil em 2023 e seguiu nessa condição até 31 de dezembro do ano passado.

Quais os documentos necessários para declarar o Imposto de Renda 2024?

Para declarar o Imposto de Renda 2024, você precisará reunir todos os documentos que comprovem a posse, compra ou venda de bens no ano anterior. Além disso, você precisará reunir seus comprovantes de rendimentos, bem como extratos bancários e de aplicações financeiras.

Para facilitar a separação de documentos, confira a relação abaixo:

  • CPF do titular e também dos seus dependentes;
  • Número do título de eleitor;
  • Comprovante de endereço atualizado;
  • Número do recibo da declaração do ano anterior;
  • Informes de rendimentos bancários e de investimentos;
  • Informe de rendimentos entregue pela sua empresa;
  • Documentos que comprovam a compra e venda de bens;
  • Documentos que comprovem a propriedade de bens como obras de arte, joias, imóveis e veículos;
  • Comprovantes de despesas médicas e despesas escolares;
  • Extratos e dados bancários.

 

Em caso de dúvidas relacionadas aos documentos para entrega da declaração de Imposto de Renda 2024, entre em contato conosco e fale com um dos nossos especialistas.

Quem pode ser dependente na declaração de Imposto de Renda 2024?

Incluir dependentes na declaração de Imposto de Renda pode ser um excelente negócio, já que para cada dependente você poderá abater até R$ 2.275,08 em deduções.

Sendo assim, confira quem pode ser dependente no Imposto de Renda:

  • Companheiro (a) com quem o contribuinte tenha filho ou viva há mais de 5 anos, ou cônjuge;
  • Filho (a) ou enteado (a), até 21 anos de idade;
  • Filho (a) ou enteado (a) com deficiência, de qualquer idade;
  • Filho (a) ou enteado (a), se ainda estiverem cursando estabelecimento de ensino superior ou escola técnica de segundo grau, até 24 anos de idade;
  • Irmão (ã), neto (a) ou bisneto (a), sem arrimo dos pais, de quem o contribuinte detenha a guarda judicial, até 21 anos, ou em qualquer idade, quando incapacitado física ou mentalmente para o trabalho;
  • Irmão (ã), neto (a) ou bisneto (a), sem arrimo dos pais, com idade de 21 anos até 24 anos, se ainda estiver cursando estabelecimento de ensino superior ou escola técnica de segundo grau, desde que o contribuinte tenha detido sua guarda judicial até os 21 anos;
  • Irmão (ã), neto (a) ou bisneto (a) com deficiência, sem arrimo dos pais, do (a) qual o contribuinte detém a guarda judicial, em qualquer idade;
  • Pais, avós e bisavós que no ano anterior, tenham recebido rendimentos, tributáveis ou não, de até R$ 22.847,76;
  • Menor pobre até 21 anos que o contribuinte crie e eduque e de quem detenha a guarda judicial;
  • Pessoa absolutamente incapaz, da qual o contribuinte seja tutor ou curador.

 

Mas atenção, pois caso o dependente receba rendimentos tributados, pode ser mais interessante que essa pessoa entregue a sua própria declaração.

Na dúvida, faça a sua declaração de IR conosco para maximizar a sua economia, sem correr o risco de enfrentar problemas com o fisco.

Declarar o Imposto de Renda 2024 no modelo completo ou simplificado?

Você já sabe quem precisa declarar o Imposto de Renda 2024, conferiu os documentos necessários, bem como, relação de pessoas que podem ser declaradas como dependentes.

Sendo assim, é hora de esclarecer outra dúvida que também é muito comum: “afinal, qual é o melhor formato de entrega da declaração, no modelo completo ou simplificado?”

A resposta para esse tipo de pergunta, vai variar de acordo com o seu volume de despesas dedutíveis. Veja como funciona:

Declaração de Imposto de Renda no modelo completo

Ao entregar a sua declaração de Imposto de Renda no modelo completo, o fisco irá considerar todas as suas despesas dedutíveis para fins de abatimento na base de cálculo do imposto e pagamento de uma possível restituição.

A título de conhecimento, são consideradas despesas dedutíveis na declaração de IR:

  • Despesas com educação;
  • Despesas com saúde (médico, dentista, psicólogo, fisioterapeuta, hospitais, laboratórios e planos de saúde);
  • Despesas com plano de previdência complementar.

 

Sendo assim, se você possui um volume significativo de despesas dessa natureza, costuma ser mais vantajoso optar pela declaração no modelo completo.

Declaração de Imposto de Renda no modelo simplificado

Por sua vez, ao entregar a sua declaração de Imposto de Renda no modelo simplificado, o fisco irá desconsiderar todas as suas despesas dedutíveis. No entanto, em contrapartida, lhe concederá um desconto de 20% na base de cálculo do IR.

Sendo assim, esse é o modelo ideal para pessoas que não possuem ou que possuem um volume reduzido de despesas dedutíveis para aproveitar.

Para saber mais, tomar as melhores decisões, manter sua vida em ordem com o fisco, e quem sabe, receber uma restituição de IR, faça a sua declaração conosco!

Como uma contabilidade digital, atendemos contribuintes de todas as partes do país. Clique no botão do WhatsApp e fale com a nossa equipe!

Classifique nosso post post

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Como regularizar CNPJ inapto?

Como regularizar CNPJ inapto?

Diversas razões podem levar um CNPJ a ser declarado inapto pela Receita Federal, como a omissão de declarações fiscais, a falta de pagamento de tributos ou a não localização da empresa no endereço cadastrado. Por sua vez, um CNPJ declarado

Como abrir um consultório médico?

Como abrir um consultório médico?

Abrir um consultório médico é um passo significativo na carreira de muitos profissionais, afinal, essa é uma oportunidade de oferecer cuidados personalizados aos pacientes, além de construir uma atendimento com base em seus próprios valores e visão. Se você sonha

Valuation: como saber o valor real do seu negócio?

Valuation: como saber o valor real do seu negócio?

Em um mercado cada vez mais dinâmico e competitivo, fazer o valuation do seu negócio não é apenas uma necessidade estratégica, mas uma ferramenta vital para a sobrevivência e crescimento da empresa. O processo de valuation, ou avaliação de empresas,

Back To Top